Educativo e divertido por Marcelo Tas

Facebook Twitter Snapchat
Facebook Twitter Snapchat

filtrar por:

Resultado da busca

Carregando...

Marcelo Tas

Jornalista, comunicador e extra-terrestre

Marcelo Tas

Jornalista, comunicador e extra-terrestre

Favorito
181 Ohh!
192 Kkk
176 Uau!

É o fim da internet limitada?

Conversei com o cientista Silvio Meira para esclarecer as dúvidas sobre o assunto.

O Brasil, especialmente as pessoas mais jovens, ávidas consumidoras de Internet, discutem a idéia das empresas de telecomunicação acabar com os planos de dado ilimitado. Está todo mundo inquieto com a possibilidade de, além de pagar pela velocidade da Internet banda larga, ter que encarar um limite de dados - assim como fazemos com a Internet dos celulares e tablets.

Imagine que você contratou o plano de 10GB por mês. Quando encerrar o consumo da franquia, sua internet será cortada e o excedente será cobrado. Para ter uma ideia, cada hora de vídeo HD no Netflix consome 2,3GB!  

O modelo de franquia, já adotado por algumas companhias, não combina com os heavy users, aqueles usuários que estão sempre conectados para assistir a filmes, ouvir música, enviar arquivos, jogar e até trabalhar e estudar virtualmente.

O Tasômetro bateu um papo com o cientista Silvio Meira para compreender detalhes dos acordos com a Anatel e identificar como as mudanças de planos podem alterar a rotina dos clientes de Internet banda larga.

Se você não concorda com o favorecimento dos planos por franquia, assine a petição online no Avaaz. O movimento já coletou mais de 1,5 milhões de apoiadores.

Acompanhe a entrevista no vídeo abaixo e participe - sem limite - com os seus comentários.

1 COMENTÁRIO

Escreva um comentário
  • Luana Della Crist

    22 Abr 2016, 00:41

    Não quero limites pro meu dados

Leia também