Educativo e divertido por Marcelo Tas

Facebook Twitter Snapchat
Facebook Twitter Snapchat

filtrar por:

Resultado da busca

Carregando...

Ludmila Tavares

Causosfágica e chocólatra.

Ludmila Tavares

Causosfágica e chocólatra.

Favorito
139 Ohh!
157 Kkk
134 Uau!

NA HORA DO APERTO, FIÉIS CHAMAM NOSSA SENHORA DE "CIDONA"

A coroa e o manto da padroeira do Brasil foram presentes da Princesa Isabel

Quem trabalha no Tasômetro também é filho de Deus e folga nos feriados. Encarei os 450km de estrada que liga São Paulo à orla carioca a fim de curtir a segunda livre. Para a minha surpresa, o trânsito intenso não estava na Dutra, mas na faixa de acostamento. 

Ludmila Tavares / Tasômetro

Image title

Dezenas, centenas de pessoas caminhando aqui ao lado, um senhor envolvido na bandeira do Brasil ali... Eu já me sentia uma sedentária com o pé no acelerador e o ar condicionado marcando 18 graus a 110km/h. Depois de 50km observando os adeptos daquele curioso tipo de trekking, ultrapasso um homem com um crucifixo e então ligo uma coisa com a outra. São romeiros a caminho do santuário de Aparecida do Norte, naquele ponto a cerca de 100km à frente. O termômetro marca 32 graus, mas o calor e a distância não parecem desanimar os andarilhos. 

A folga de 12 de outubro ficou popularmente conhecida como Dia das Crianças. A mesma data marca a chegada de Cristóvão Colombo à América em 1492. Mas não foram as crianças nem a descoberta do nosso continente que conquistou a dispensa do trabalho. O feriado foi declarado em 1980 pelo último presidente do regime militar João Batista Figueiredo. A lei Nº. 6.802 reserva a data para culto público e oficial a Nossa Senhora Aparecida, a Padroeira do Brasil.

Thiago Leon / A12.com

Image title
Imagem de Nossa Senhora Aparecida

A história começa em 1717 quando Dom Pedro de Almeida, então governante da capitania de Minas Gerais, programa uma parada em Guaratinguetá, interior de SP. A pequena cidade preparou uma grande festa para receber o homem que levava o título de primeiro conde de Assumar. Três pescadores ficaram responsáveis pelo banquete, mas o rio não estava para peixe. Já desanimados, jogaram na água mais uma vez a rede que sempre voltava vazia e acabaram pescando o corpo de uma santa. Logo depois, a cabeça. Segundo a crença católica, este dia marcou o primeiro milagre de Nossa Senhora Aparecida. Depois de fisgar a estátua, os pescadores encheram o barco de peixe na água escura do Rio Paraíba.

Filipe Pedroso, um dos pescadores, levou a imagem para casa. A história do milagre se espalhou rapidinho e os primeiros romeiros iniciaram suas caminhadas para rezar ao pé da estátua que mede apenas 39cm. A devoção foi aumentando a ponto da primeira capela dedicada a ela ficar logo pequena. Ainda no século XIX, foi construída a Matriz Basílica de Nossa Senhora Aparecida, a basílica velha como é conhecida hoje. No século XX, se deu início à construção da atual Basílica de Aparecida do outro lado da rodovia Dutra que corta a cidade. O conjunto de capelas recebeu o nome de Complexo Turístico Religioso do Santuário Nacional, que está em constante aperfeiçoamento e expansão.

A imagem que fica exposta na basílica é a original encontrada pelos pescadores. Original em partes, já que foi totalmente restaurada após um jovem jogá-la no chão em 1978 e transformá-la em 200 pedacinhos. A fé pelo poder milagroso da imagem moveu mais de 11 milhões de fieis até a cidade de Aparecida do Norte em 2014.

Uma das primeiras devotas de N. S. Aparecida foi princesa Isabel. Em 1888, seis meses depois de assinar a lei Áurea, visitou a Basílica Velha pela segunda vez e deixou de presente uma coroa de ouro, rubi e diamante e um manto azul como pagamento de uma promessa. Não se sabe qual foi o pedido da promessa, mas os presentes da princesa acompanham a imagem e suas réplicas até hoje.

A estrutura para acomodar os romeiros e turistas impressiona nos números. O complexo religioso possui 1,3 milhão de metros quadrados, o que equivale a cerca de 130 campos de futebol. Acomoda até 300 mil pessoas nos eventos na área externa e conta com um estacionamento para mais de 6 mil veículos com o título de o maior estacionamento da América Latina. A comodidade para parar o carro não é suficiente para os milhares de romeiros que preferem fazer o percurso em dias de caminhada para agradecer ou levar pedidos. 

Rodrigo Soldon / Flickr

Image title
Panorâmica da Basílica de Aparecida.

Afinal, quem são essas pessoas que percorrem dezenas e até centenas de quilômetros a pé como gesto de devoção à padroeira do Brasil? Adiei em algumas horas a minha chegada ao Rio de Janeiro para conhecer melhor os fiéis e compartilhar essas histórias e imagens com vocês aqui no Tasômetro.

Com a proteção de Deus até nas placas de sinalização, todos seguimos nossas viagens com o objetivo firme em mente: chegar lá. Eles em Aparecida. Eu, Rio de Janeiro. Assim fizemos. 

Image title

0 COMENTÁRIOS

Escreva um comentário

Leia também