Educativo e divertido por Marcelo Tas

Facebook Twitter Snapchat
Facebook Twitter Snapchat

filtrar por:

Resultado da busca

Carregando...

Marcelo Tas

Jornalista, comunicador e extra-terrestre

Marcelo Tas

Jornalista, comunicador e extra-terrestre

Favorito
194 Ohh!
161 Kkk
181 Uau!

#Top50 LIVROS por Marcelo Tas

#‎TOP50‬ livros que fizeram e continuam fazendo a minha cabeça. Compartilhe!

Image title

1. Grande Sertão: Veredas (Guimarães Rosa, 1956)

Nonada. Se assuste não com o palavrório novo. O sertão mineiro vai te pegar, se entregue.

2. "Cândido, ou o Otimismo" (Voltaire, 1759)
Divertido como Woody Allen, absurdo como Beckett e aventuresco como Steven Spielberg.

3. "Trilogia de Nova York" (Paul Auster, 1986)
Em três histórias de tirar o fôlego, navegue pelas esquinas da cidade e pelo labirinto mental do escritor 

4. "Livro do Desassossego" (Fernando Pessoa, 1962)
Fragmentos de textos encontrados espalhados e publicados muito depois da morte do poeta. Para mim, funciona como um I Ching, um livro que pode ser aberto aleatoriamente como um jogo de dados e que, invariavelmente traz uma revelação a cada leitura.

5. "Reinações de Narizinho" (Monteiro Lobato, 1931)
Livro inicial da série "O Sítio do Pica-Pau Amarelo", minha iniciação na viagem sem fim da leitura. Obrigado, Lobato!

6. "A Cidade e as Serras" (Eça de Queiroz, 1901)
Aprecie e se encante com a história e a língua portuguesa.

7. "A Causa das Coisas" (Miguel Esteves Cardoso, 1986)
Cronista portugues lista coisas e suas causas com talento e humor.

8. "Ficções (Jorge Luiz Borges, 1941)
Contos fantásticos, provocadores e sobretudo cada vez mais atuais.

9. "Millôr Definitivo, a Bíblia do Caos" (Millôr Fernandes, 1994)
Resumo do pensamento irresumível do grande humorista, desenhista, dramaturgo, inventor do frescobol e profeta do Meyer.

10. "O Alienista" (Machado de Assis, 1882)
No mundo conturbado: quem é louco, quem é são? É claro que você deve ler outros livros de Machado, de preferência todos, mas não deixe este de fora.

11. “Engolido pelas labaredas” (David Sedaris, 2009)
Crônicas cheias de ironia e sinceridade misturando pequenos problemas pessoais, temas globais e dramas eternos do ser humano.

12. "O Pequeno Príncipe" (Antoine de Saint-Exupéry, 1943)
Não se deixe enganar pelo preconceito, é um clássico da literatura infantil de leitura obrigatória, principalmente para adultos céticos.

13. "Cem Anos de Solidão" (Gabriel García Márques, 1967)
A experiência da violência e solidão retratadas numa cidade que poderia ser aquela de qualquer um de nós.

14. "O Príncipe" (Maquiavel, 1532)
A relação entre o poder, a política e a fragilidade da alma humana.

15. "A Arte da Guerra" (Sun Tzu, IV a.C)
O que as estratégias militares tem a ensinar à nossa vida profissional e amorosa?

16. "O Diário de Anne Frank" (Anne Frank, 1947)
Aos 14 anos, Anne produz um preciso e sensível documento sobre o terror do nazismo.

17. "Kama Sutra" (IV D.C)
O livro indiano antigo é um documento obrigatório para os interessados nos mistérios do sexo e do amor, ou seja, todos nós.

18. "O Anjo Pornográfico" (Rui Castro, 1992)
A vida do fundamental Nelson Rodrigues. 

19. 1984 (George Orwell, 1949)
Um mundo onde não existe privacidade, onde somos vigiados e monitorados por um estado totalitário. Qualquer semelhança com os dias de hoje é pura arte do escritor.

20. "O Cortiço" (Aluísio de Azevedo, 1890)
Sensacional relato do início da urbanização do Rio de Janeiro. Me entusiasmei tanto com o escritor, que decidi ler tudo que ele já produziu. Zerei a obra dele ainda no colégio, tarefa que recomendo aos corajosos.

21. "O Processo" (Kafka, 1925)
Imagine o terror da burocracia e do autoritarismo descritos pelo mestre do absurdo. Voilá!

22. "Anna Kariênina" (Liev Tolstói, 1877)
Para aprender a escrever como gente grande, leia os grandes escritores russos como Tolstói.

23. "Capitães de Areia" (Jorge Amado, 1937)
O escritor baiano revela e antecipa a violência cotidiana da vida dos meninos de rua no Brasil, sem se esquecer da magia, mistério e ingenuidade da infância. 

24. "O Leopardo" (Tomaso di Lampedusa, 1958)
Não é incrível que este cara escreveu apenas este livro na vida? Leia devagar para não acabar rápido. Puro deleite.

25. "Os Cantos" (Ezra Pound, 1948)
Vá com calma e coragem para enfrentar e digerir os 120 poemas que segundo alguns resumem o século XX.

26. "O Senhor dos Anéis" (J.R.R. Tolkien, 1954-1955)
Para os jovens que viveram todas as emoções da saga, o escritor tem uma vasta sequência de livros igualmente mágicos.

27. "A Origem das Espécies" (Charles Darwin, 1859)
Da onde viemos, para onde vamos.

28. "O Velho e o Mar" (Ernest Hemingway, 1952)
A arte de manter um suspense em tempo real apenas usando as palavras.

29. "A Interpretação dos Sonhos" (Sigmund Freud, 1900)
O pai da psicanálise é também um grande escritor.

30. Sonetos (William Shakespeare, 1609)
No princípio, era o verbo. O seu mestre é Shakespeare.

31. "Sidarta" (Herman Hesse, 1922)
A busca da plenitude espiritual contada por um prêmio Nobel alemão.

32. Ilíada e Odisseia, Homero, século VIII a.c.
Simplesmente o início da literatura narrativa ocidental e a síntese da aventura humana. Tá bom ou quer mais?

33. Édipo Rei, Sófocles, 427 a.c.
Freud diz que esta história é o pilar da psicanálise. Quem sou eu para negar a relevância de alguém que mata o pai e se casa com a mãe?

34. "O Retrato de Dorian Gray" (Oscar Wilde, 1981)
Jovem apaixonado por sua imagem que deseja permander eternamente na flor da idade, soa familiar para os tempos atuais?

35. "Histórias Extraordinárias" (Edgar Allan Poe, 1833-1845)
Mestre das histórias de terror e precursor do gênero policial.

36. "Feliz Ano Velho" (Marcelo Rubens Paiva, 1982)
O livro que iniciou a carreira literária deste autor que merece atenção cuidadosa da juventude brasileira.

37. "A Pedra do Reino" (Ariano Suassuna, 1972)
Prepare-se para entrar no reino dos legítimos descendente dos reis brasileiros da silva.

38. "Sentimento do Mundo" (Carlos Drummond de Andrade, 1940)
Poeta maior contando as angústias do mundo já conturbado do século XX

39. "Insônia" (Graciliano Ramos, 1947)
Vamos aprender a escrever com o mestre da consistência literária, um colosso da literatura brasileira.

40. "Memórias, Sonhos e Reflexões" (Carl Gustav Jung, 1963)
Pouco tempo antes de morrer, um dos grandes pensadores da humanidade resolveu compartilhar a sua autoanálise com generosidade e simplicidade.

41. "Macunaíma" (Mário de Andrade, 1928)
O herói sem caráter é o resumo do Brasil moderno.

42. "A Vida Como Ela É" (Nelson Rodrigues, 1992)
Reunião de contos do monstro contador de histórias

43. "Crime e Castigo" (Fiódor Dostoiévski, 1866)
A descrição dos personagens que iluminam o pensar na vida.

44. "Ressurreição" (Liev Tolstói, 1899)
A arte de ir direto ao ponto. Mais uma aula do mestre da concisão.

45. "Humano, Demasiado Humano" (Friedrich Nietzsche, 1878)
O bigodudo alemão nos ensina a arte de filosofar com o martelo.

46. "O Complexo de Portnoy (Philip Roth, 1969)
Pense num cara corajoso, comovente e hilário.

47. "A Insustentável Leveza do Ser" (Milan Kundera, 1984)
Leia o livro e veja o filme.

48. "A Bíblia" 
Começou a ser escrita mil anos antes de Cristo e continua atual.

49. "Bagavadguita"
A conversa de Krishna com seu discípulo em pleno campo de batalha, o ensinamento abundante do Hinduísmo.

50. "I Ching, o Livro das Mutações"
Sabedoria chinesa milenar jorrando sem parar à disposição do freguês.

[não encontrou seu favorito ou quer sugerir outros títulos? Faça isso nos comentários. Grato!]

11 COMENTÁRIOS

Escreva um comentário
  • Helena Reis

    29 Jan 2017, 14:26

    Adorei a lista!!! Já li muitos!
    PS: Não vejam o filme de A Insustentável Leveza do Ser, não!!!! Kkkkk

  • Dona Lulu

    10 Jan 2017, 22:01

    Acabei de per Shantaran, de Gregory David Roberts. Poe na lista, pois ele é mais que merecedor. Simplesmente fantastico!;

  • Ana Claudia

    10 Out 2016, 16:25

    Bela lista, Tas! Concordo com a maioria, uns poucos não li, o único que realmente me disse pouco foi O Cortiço, mas é questão de gosto, estou mais pros românticos que pros realistas. Mas, vendo o que vc escolheu, resolvi lhe dar uma sugestão porque acho que vc vai gostar: Ítalo Calvino, cubano radicado na Itália. Comece por um desses três: O Barão nas Árvores, O Visconde Partido ao Meio ou O Cavaleiro Inexistente. O Barão é o meu preferido. Aposto que vc vai incluir mais um na sua lista... ;D

  • Luana Della Crist

    15 Mar 2016, 14:42

    Que lista filosófica

  • Guga Almeida

    23 Out 2015, 22:07

    Essa lista do Tas ficou incrível...
    adicione a ela O evangelho segundo Jesus Cristo - José Saramago e o remorso de baltazar serapião - valter hugo mãe.

    dois escritores portugueses que merecem e muito sua leitura atenta.

  • Luana Della Crist

    21 Out 2015, 21:14

    A lista é, indubitavelmente, muito boa! No entanto, são ausências sentidas:

    Os Lusíadas - Camões
    A Relíquia - Eça de Queiroz (que aqui aparece com o admirável A Cidade e as Serras)
    Mensagem - Fernando Pessoa (aqui aparece com o Livro do Desassossego)
    São Bernardo - Graciliano Ramos (aqui com Insônia)
    As flores do mal - Baudelaire
    Viagens na minha terra - Almeida Garrett

  • Thiago

    14 Out 2015, 15:10

    Sugiro:

    A República - Platão
    Fédon - Platão
    Ética a Nicômaco - Aristóteles
    Política - Aristóteles
    A Cidade Antiga - Fustel de Coulanges
    Admirável Mundo Novo - Aldous Huxley


  • Bruna Cabral

    09 Out 2015, 10:38

    Tas, amei suas recomendações. Concordo que Grande Sertão está entre os melhores livros.

  • Ludmila Tavares

    08 Out 2015, 18:19

    Adorei as indicações e as descrições divertidas :)

  • Adriana Chagas

    08 Out 2015, 16:06

    Não li a maior parte destes livros mas, me parece uma otima lista de "livros que tenho que ler"

  • Christian Althausen

    08 Out 2015, 16:03

    Excelente lista, obrigado por compartilhar. Mas confesso que senti falta de um Saramago

Leia também